sexta-feira, 21 de julho de 2017

‘Debate sobre obras paralisadas é de extrema importância’, afirma Presidente da FEMURN


Foi realizado nesta quarta-feira (19) o Seminário Integrado de Controle Externo – Obras Inacabadas e Paralisadas, promovido pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), na sede do Tribunal, em Natal.
Na abertura do evento, o Presidente da Federação, Benes Leocádio, falou sobre a realização do encontro: “O debate sobre as obras paralisadas e inacabadas é de extrema importância para o poder público por um todo. Parabenizamos e agradecemos ao TCE pela iniciativa e esperamos poder discutir ideias e apontarmos soluções para o caso”, afirmou Benes.
Para Benes, o seminário pode propor soluções para o problema: “Com essa iniciativa do Tribunal, certamente discutiremos e encontraremos soluções, fazendo cessar esses gargalos que tanto afetam e atrapalham a vida dos nossos concidadãos”, afirmou o Presidente.
O encontro disseminou experiências sobre as obras inacabadas e paralisadas, discutindo estratégias e identificando parcerias para a solução do problema, com apresentação do trabalho do TCE/RN sobre o tema, abrangendo o resultado do levantamento e a proposta de auditoria das obras. Órgãos de controle, secretarias estaduais e dezenas de prefeituras também participaram do encontro.

CFM anuncia que vai à Justiça para melhorar atendimento no SUS

 

  O Conselho Federal de Medicina (CFM) disse que vai recorrer à Justiça e a fóruns internacionais contra as más condições de atendimento e o abandono no Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa ocorre seis dias depois de o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmar que médicos deveriam parar de fingir que trabalham.

“Não queremos retratação, mas uma solução para a saúde”, afirmou o presidente do CFM, Carlos Vital na manhã desta quarta-feira, 19, horas antes de se encontrar com Barros. Na reunião, representantes do conselho entregaram ao ministro um relatório que aponta falhas na assistência. Os problemas vão desde falta de sanitários para deficientes até ausência de equipamentos considerados indispensáveis para o atendimento, como estetoscópio.

De acordo com o CFM, foram encontradas irregularidades em mais da metade das 2.936 Unidades Básicas de Saúde (UBs) fiscalizadas entre 2015 e 2017. “Não são os médicos que não querem trabalhar. São os médicos que não têm estrutura para exercer a sua profissão. Por isso estamos indo à Justiça”, disse Vital.

* BG via Estadão

Em São Paulo, Lula afirma que “investigações contra ele estão destruindo o país”

Do Estadão Conteúdo: 


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defender sua inocência, na noite desta quinta-feira, 20, e desafiou os investigadores da Lava Jato a encontrarem provas concretas de atos de corrupção praticados por ele. “Eu gostaria que o Ministério Público da Lava Jato, a Polícia Federal, se tiverem alguma prova que o Lula recebeu cinco centavos, por favor, me desmoralizem”, desafiou o petista em discurso de 30 minutos durante o ato em seu apoio na Avenida Paulista, em São Paulo. “O que não pode é, para tentar me prejudicar, destruir esse País.” 
Para Lula, seus adversários estão usando diferentes métodos para tirá-lo do cenário político. “Como não conseguem me vencer na política, querem me derrotar com processo. É todo dia um processo, todo dia um depoimento, um inquérito”, reclamou. “Nenhum deles é mais honesto que eu neste País.” 
O ex-presidente afirmou ainda que a honestidade é um valor que aprendeu em casa e contou um episódio de sua infância. Ele disse que pensou em roubar uma maçã certa vez, mas não o fez para não envergonhar a mãe, Dona Lindu. “Se eu não tive coragem de envergonhar a minha mãe, eu não vou ter de envergonhar oito netos e agora uma bisneta.” 
Para Lula, os ataques sucessivos à sua figura, ao PT e à esquerda mostram que seus inimigos estão sem saber o que fazer. “Já foram 500 tiros, (enquanto) um tiro de garrucha matou a revoada de tucanos que existia nesse país”, ironizou.

2ª Tropa Feminina no Parque Fontoura-José da Penha/RN.

 

Convite Missa de 30 dias de Saudades do Inesquecível Francisco Fernandes Filho(Chico de Chichico)


 

Tradicional Festa de Julho na Comunidade Barra do Catolé-José da Penha/RN.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, texto
 

Anvisa aprova registro de novo medicamento para diabetes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um novo medicamento para controle do diabetes mellitus tipo 2 nesta segunda-feira (17).

O medicamento Soliqua será uma nova opção para o tratamento da doença. Ele será fornecido com uma caneta aplicadora e é composto por duas moléculas na formulação: a insulina glargina e a lixisenatida.

De acordo com a Anvisa, o remédio deverá ser usado em adultos para melhorar o controle glicêmico quando outras opções de tratamento não estejam mais funcionando.

g1globo

CARTEIRA DE MOTORISTA VALE COMO DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO

Os cidadãos agora podem utilizar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida como documento de identificação. A decisão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada em 29 de junho deste ano, atesta que a validade se refere apenas à vigência da permissão para dirigir e dos exames de aptidão.

O presidente do Contran, Elmer Coelho Vicenzi, explicou que a proposta, coordenada pelo Ministério das Cidades, partiu de dúvidas da população.

“Foi observado que havia opiniões divergentes na sociedade, pontos de vista conflitantes. A população queria saber se a CNH vencida poderia valer como documento de identificação. A questão então foi levada à consultoria jurídica”, contou. “Entendeu-se que a CNH vale como documento de identificação, mesmo se vencida, afinal os vários elementos de segurança, cerca de 28, dão confiabilidade à carteira.”

Segundo o presidente, não há prazo para a CNH ser usada como documento de identificação. “É uma decisão que, acredito, favorece toda a sociedade. Acaba com uma controvérsia, uma situação que ficava ao julgo das pessoas. Vantagem, a principal foi a segurança jurídica”, atesta.

MARINHA LANÇA EDITAL COM 90 VAGAS DE NÍVEL MÉDIO TÉCNICO


A Marinha do Brasil lançou na semana passada um edital para concurso público do Corpo Auxiliar de Praças.

As inscrições acontecem durante o mês de agosto, entre os dias 1º e 31, e a seleção deve preencher 90 vagas para cargos relativos às áreas de administração, hidrografia, informática, saúde e manutenção.

Os candidatos devem ter entre 18 e 25 anos, estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral e ter concluído o curso técnico de nível médio relativo à vaga escolhida.

ANVISA MANDA RECOLHER LEXOTAN


 
Em tempos de políticos e empresários tensos com a Lava-Jato não é uma notícia que tranquiliza: a Anvisa acaba de determinar que seja proibida a venda de um lote do medicamento Lexotan, indicado para combater a ansiedade e estresse.

A Roche, seu fabricante, terá também que recolhê-lo do mercado, de acordo com o Diário Oficial de hoje.

De acordo com a Anvisa, esse lote de Lexotan foi classificado como de “alto Risco” à saúde.

Lauro Jardim – O Globo

Consumidor que encontrar produto vencido ganhará outro de graça

 

O consumidor que encontrar um produto vencido nas prateleiras do supermercado levará, gratuitamente, um produto igual, próprio para consumo. É desse modo que funcionará, a partir do mês de agosto, o projeto “De Olho na Validade”, lançado na tarde de hoje, 18, pelo Governo do Estado, por meio do Procon em parceria com a Associação dos Supermercados do RN (Assurn).

A iniciativa estimula o consumidor a ficar mais atento às datas nos rótulos e penaliza os estabelecimentos participantes que mantiverem produtos vencidos em suas prateleiras. Por isso é interessante que os consumidores prefiram o comércio que aderiu ao projeto. “Os direito do consumidor estão sendo fortalecidos em nossa gestão. Está é uma parceria de modernidade, na qual o público e o privado se encontram para defender a população”, disse o governador após assinar o termo de cooperação que subsidia o programa.

G1

Especialistas alertam que indústria do futuro vai gerar desemprego

A preocupação com o desemprego que será gerado com uso de tecnologias na indústria do Brasil foi tema de debate nesta quarta-feira, 19, durante o Fórum Indústria 4.0, realizado pela Câmara Americana de Comércio (Amcham), em São Paulo. A quarta revolução na indústria, alavancada pelos robôs, sensores e tecnologia da informação, promoverá ganho de produtividade.

Segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no país ficou em 13,3% no trimestre encerrado em maio. O contingente de desocupados no Brasil é de 13,8 milhões de pessoas.

João Alfredo Delgado, diretor de tecnologia da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), disse que o profissional do futuro precisa de qualidades como talento e raciocínio. “Vai ter outro tipo de emprego e aí está o problema. Teremos um estoque de pessoas, talvez não qualificadas”, afirmou.

Agência Brasil

Governo vai elevar imposto sobre gasolina, álcool e diesel

 
Após um dia de negociações para fechar o descontingencimento do Orçamento, fontes da equipe econômica afirmaram que, ao contrário do que chegou a ser cogitado ao longo do dia, não haverá elevação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e da Cide (que incide sobre o setor de combustíveis). Com sérias dificuldades para fechar as contas de 2017, a equipe confirmou, porém, o aumento do PIS/Cofins sobre o diesel, a gasolina e o etanol, como havia antecipado a coluna de Míriam Leitão. O aumento terá alíquotas diferenciadas para cada combustível. A ideia, agora, é recorrer a receitas que não são tributárias, como taxas — mas a fonte não especificou que taxas seriam essas.

A medida é uma maneira de reforçar os cofres públicos e evitar que a equipe econômica tenha que fazer um contingenciamento adicional no Orçamento do ano ou mesmo alterar a meta fiscal, aumentando o tamanho do rombo previsto para o ano.

Uma fonte ligada à Presidência da República revelou que um dos argumentos para o aumento de tributos é o déficit da Previdência, estimado em mais de R$ 180 bilhões para este ano.

O Globo

Travestis e transexuais poderão solicitar inclusão do nome social no CPF

Transexuais e travestis poderão ter o nome social incluído no documento de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Para isso, basta que compareçam a uma unidade de atendimento da Receita Federal e peçam a inclusão. O cadastro será feito imediatamente e o nome social passará a constar no CPF, acompanhado do nome civil.

As orientações foram divulgadas hoje (20) pela Receita Federal após a publicação de instrução mormativa sobre a questão no Diário Oficial da Uniãodesta quinta-feira (20). O nome social constará dos documentos “Comprovante de Inscrição” e “Comprovante de Situação Cadastral” no CPF.

O nome social é a designação pela qual a pessoa travesti ou transexual se identifica e é socialmente reconhecida.

Agência Brasil

Casos de Aids aumentam 3% no Brasil, alerta ONU

Aumentou o número absoluto de novos casos de aids no Brasil, em tendência contrária ao que se registra na média mundial. Dados divulgados nesta quinta-feira, 20, pela UNAids, órgão das Nações Unidas para lidar com a epidemia, apontam que o total de novas infecções a cada ano no Brasil aumentou em 3% entre 2010 e o ano passado. No mundo, essa taxa sofreu contração de 11%.

A elevação no País é considerada pequena, passando de 47 mil novos casos em 2010 para 48 mil em 2016. Procurado, o Ministério da Saúde alegou que a grande população causa distorções na análise e teria sido melhor utilizar taxas de detecção da infecção, obtidas pela divisão do número de casos pelo número de habitantes. Assim, os dados epidemiológicos do Brasil indicariam a estabilização da epidemia, com viés de queda.